Next
Anterior
0

Um topless afirmativo

Posted in ,
Hoje é o meu último dia aqui com a Juliana ... caminhamos na praia ... mergulhámos no mar .. rimo-nos como crianças .... ocorreu-me pensar que há coisas que não duram sempre ...

E outras até que duram são arriscadas ... ela trabalha comigo ... às minhas ordens ... somos mais no escritório ... ela também tem os sonhos dela ... de miúda mulher ..


Eu amo, melhor passei a amar .... mas sem desejo de querer .... sem me comprometer ... e bem visto sem estar magoada ...

Passámos a tarde na praia, admirava-lhe os seios jovens espetados ... um topless afirmativo ... beber naqueles mamilos chupá-los foi-me e fui-me permitido
0

Temos de ter um senão

Posted in ,
Depois de uma noite de amor, perguntei-lhe sobre o namorado, como ele era ... surpreendeu-me a resposta ... nós mulheres a dada altura somos como que obrigadas a ter um ...

Ri-me de tão singela verdade ... um desabafo filosófico foi o que me ocorreu .... temos de ter um porque senão somos vistas .... analisadas .... sujeitas a uma forma de piedade .... coitadinha .....


Passo-lhe as mãos pelos pelos acastanhados da vagina .... sinto o corpo dela morno encostado ao meu ... quando me respondeu .... dei-lhe um beijo na boca ... como te compreendo ...

Terás de deixar passar o tempo ... para que se esqueçam de ti ... foi isto que lhe disse .... beijava-lhe o umbigo ... sorrindo para os seus olhos doces ....
1

Estou louca por ela não sei como

Posted in ,
Estou cá em baixo, um saltinho a Vilamoura, quero sol, mas não estou muito com desejos de areia, mais bar, piscina, uns drinks e muita cama, trouxe comigo a Juliana, foi vontade dela, disse ao namorado ... (todas estas miúdas têm um) ... que eu andava ... triste? ... que me sentia sozinha ...

Que me vinha fazer alguma companhia ... alugámos um quarto juntas ... só alguns dias ...


E só nós ... sem tempo para homens ... talvez .. como for ... beijei-lhe os seios ... os mamilos tesos .. a minha língua pousou nela como uma pena ... molhada